3ª Idade

A Estrutura Residencial para Pessoas Idosas da Fundação de Aurélio Amaro Diniz é uma realidade muito expressiva desde a sua fundação em 1985, na qual dispõe não só da valência de Lar, mas ainda, no âmbito social, de valências de centro de dia e de apoio domiciliário.

O seu sucesso deve-se, efectivamente, por ser o primeiro Lar de Idosos criado por uma instituição concelhia, bem como devido ainda nos dias de hoje e ao fim de trinta anos de existência, estar dotado de equipamentos de prestígio e ser prestador de cuidados de grande qualidade.

Trata-se de um projeto que muito ficou a dever a uma pessoa que marcou toda a atividade da Fundação ao longo de muitos anos, o Sr. António Mendes Monteiro, Presidente do Conselho de Administração quando o projeto foi idealizado e a quem coube também a honra da sua inauguração, no exercício do mesmo cargo.

Além do alojamento, é assegurado serviços como:

·         Alimentação adequada às necessidades dos residentes, respeitando as prescrições médicas de cada um.
·         Cuidados de higiene pessoal
·         Tratamento de roupa
·         Higiene e conforto dos espaços
·         Atividades de animação sociocultural, lúdico-recreativas, ocupacionais com a finalidade de estimular e manter as suas capacidades físicas e psíquicas
·         Apoio no desempenho das atividades de vida diária
·         Cuidados de enfermagem

A Estrutura Residencial para Pessoas Idosos é constituída de 33 quartos, 39 instalações sanitárias, 2 salas de estar/atividades, 2 salas de banho assistidas 1 sala de fisioterapia, 1 gabinete médico e de enfermagem, 4 gabinetes médicos, 1 secretária, 1 receção, 1 refeitório, e 1 cozinha.

Em virtude das excelentes condições que oferece aos seus utentes, o Lar de Terceira Idade da Fundação está ininterruptamente preenchido, havendo uma enorme procura de vagas o que evidencia o seu sucesso em toda a sua lotação.

A Fundação beneficia de um acordo de cooperação celebrado o Centro Regional de Segurança Social, de forma a poder aceitar vagas para idosos referenciados como casos sociais.

Utentes

Os utentes admitidos na Estrutura Residencial para Pessoas Idosos são essencialmente:

•              Pessoas com idades compreendidas entre os 65 ou mais que, por razões familiares, dependência, isolamento, solidão ou insegurança, não podendo permanecer na sua residência
•              Pessoas adultas de idade inferior a 65 anos de idade, em situações de exceção devidamente justificada
•              Em situações pontuais, pessoas com necessidades de alojamento decorrente da ausência, impedimento ou necessidade de descanso do cuidador