Infância

O infantário encontra-se sediado no mesmo edifício do lar da Terceira idade mantendo com ele uma relação umbilical, tendo sido criado em 1996 onde logo assumiu-se como uma das instituições de apoio à primeira infância mais solicitadas em termos de inscrições
É composto pela Creche, Educação Pré-Escolar e CATL – Centro de Atividades de Tempos Livres. Assim, foi estabelecido com a finalidade de conceder uma resposta especial de apoio à primeira infância, isto é, o período entre o nascimento e os seis anos de vida de uma criança.

1996  Abertura da instituição a funcionar no rés-do-chão do lar
·         1 Sala de creche
·         1 Sala jardim-de-infância/pré-escolar
·         1 CATL

2000 Mudança do CATL para uma instalação independente junto ao Hospital
·         2 Salas de Creche
·         1 Sala de Pré-escolar mista ou seja de 3/4/5 anos

2007 Infantário novo (1ºinstalações)
·         2 Salas Pré-escolares
·         2 Salas Creche (compreendendo uma de berçário)
·         1 Sala de CATL

2012 Infantário (2ºinstalações)
·         6 Salas de Creche (2 de berçário)
·         3 Salas Pré-escolares
·         3 Salas CATL
 
O infantário compreende as seguintes áreas em comum às várias componentes:
·         Receção- destina-se ao acolhimento/ receção da criança;
·         Direção e serviços técnicos- reservada ao local de trabalho da direcção técnica do estabelecimento, ao arquivo administrativo e a outros expedientes;
·         Área de pessoal- dedicado às funcionárias (vestiários, instalações sanitárias e armário de arrumação de pertences);
·         Sala de isolamento- destina-se ao isolamento da criança sempre que apresenta sinais de doença, aguardando até à chegada do encarregado de        educação;
·         Serviços- como a cozinha, lavandaria, secretária e outros serviços de apoio;
·         Pátio interior- possibilita a realização de atividades lúdicas, pedagógicas e de psicomotricidade;
·         Refeitório- local de refeição das crianças, tais como almoço e lanches;
·         Parque exterior- permite a estimulação de jogos/brincadeiras ar livre e o contato entre grupos;
·         Duas instalações sanitárias

Além das áreas anteriormente referidas, o infantário ainda contêm áreas dedicadas a cada sector, sendo assim:
        -  A Creche dedica-se à integração de crianças com 4 a 36 meses,
        É composta por dois berçários, duas salas de 1/2 anos e duas salas de 2/3 anos. Tem a capacidade para 17 crianças no berçário, 28 crianças desde os 12 meses até aos 24 meses e 36 crianças dos 24 aos 36 meses.
·         
       - O Pré-escolar desenvolve-se entre os 3/4 e a idade do ingresso no ensino básico, ou seja aos 5/6 anos de idade dependente se completem a idade permitida ao acesso até 31 de dezembro
       É constituída por três salas de pré-escolar - destinam-se ao desenvolvimento de actividades lúdicas e pedagógicas das crianças desta faixa etária.

       - O CATL compreende crianças com idades entre os 6 e os 12 anos, que frequentem o 1º ciclo e o 2ºciclo da escola básica de Oliveira do Hospital, e da escola básica da união de freguesias de Oliveira do Hospital e S. Paio de Gramaços. E além disso, crianças que possuam deficiências, ao qual a instituição reúna as condições específicas com o fim de lhe prestar o devido apoio.
        - É composto por três salas de CATL.

Além do programa curricular, a F.A.A.D dispõe de uma variada panóplia de atividades extracurriculares que oferecerá à criança um grande desenvolvimento cultural, social e cívico, bem como um forte enriquecimento psicológico e físico.
As crianças na Fundação Aurélio Amaro Diniz dispõem assim de atividades extracurriculares, tais como:
·         Dança
·         Karaté (aberta ao exterior, podendo haver praticantes externos)
·         Natação
·         Inglês
.         Coro Infantil
.          Musica

A Creche, Pré-escolar, e CATL operam no seguinte horário: De segunda a sexta-feira, das 7:30h às 19h30.



História do Karaté

O Karaté é uma arte marcial de autodefesa que teve origem na ilha de Okinawa, uma ilha japonesa, que se encontrava sob a posse dos fidalgos japoneses, onde era explicitamente proibido o uso de armas.
Efetivamente, o Karaté desenvolveu-se como um meio de defesa pessoal, onde são utilizadas técnicas com partes distintas do corpo humano, sem utilizar armas.
Deste modo, surgiu a designação Karaté, mais precisamente Karaté-Do como deve ser designado (KARA= Vazio; TE=Mãos; DO= Caminho).
Todavia, apenas em 1922, com uma demonstração do mestre Gishin Funakoshi, considerado como o pai do Karaté moderno e criador do estilo Shotokan, é que o Karaté torna-se reconhecido no Japão. Ao qual, consequentemente, a seguir ao fim da segunda guerra mundial foi disperso por todo o mundo.
Além de ser identificada como uma arte marcial, foi concebida com a finalidade de dotar os praticantes de valores morais como coragem, cortesia, integridade, humildade, autocontrolo, e respeito pelo próximo. Podendo, assim ser praticada a partir dos 5/6 anos de idade.
A maioria dos programas de karaté usam o sistema de graduações por cinto (Obi) para assinalar o seu crescimento. O cinto de iniciante é branco, sendo utilizada uma progressão de cores até que o aluno finalmente chega ao ambicionado estatuto de cinturão negro, sendo o atleta testado para determinar se está pronto para passar para o próximo nível. Este sistema facilita o aluno a estabelecer e cumprir novas metas.
[Resultado de imagem para KARATÉ]
 
Graduações
Nesta arte marcial existem 9 classes (kyu), e posteriormente quando se tornam praticantes avançados atingem a classe de DANs.
Quando se inicia o estudo desta arte marcial recebe-se um cinto de cor branca, unicamente para segurar o fato (Kimono) que será sempre de cor branca. É-se então considerado um Neófito (Kohai).
Efetivamente, constatámos que as graduações de principiantes são de ordem decrescente com a finalidade do praticante conseguir eliminar os seus próprios defeitos relativos à sua personalidade. Contrariamente, as graduações superiores formam-se por ordem crescente, com o fim de melhorar o seu corpo, e técnica, e principalmente o espírito que deve se sempre sobrepor às duas outras bases.
A coloração dos cintos varia consoante os estilos de Karate do praticante e poderá também variar consoante cada associação. No caso concreto, na FAAD, desenvolve-se a prática do Karate Shotokan e está-se filiado no ISP – Instituto Shotokan Portugal. Aqui utiliza-se o seguinte:
 
Graduações - Cor do Cinto (Obi)
 
9ºKyu Branco
8ºKyu Amarelo
7ºKyu Amarelo com risca preta
 6ºKyu Laranja
 5ºKyu Laranja com risca preta
 4ºKyu Verde
 3ºKyu Verde com risca preta
 2ºKyu Azul
 1ºKyu Castanho
 
1ºDan Preto
 2ºDan Preto
 3ºDan Preto
 4ºDan Preto
 5ºDan Preto
 6ºDan Preto
 … Preto
 
 
Benefícios para as crianças

Transpondo para a vida quotidiana das crianças, o karaté permite melhorar as vertentes físicas e psicológicas, que por sua vez auxilia tanto na melhoria dos hábitos de estudo, desempenho escolar, a capacidade de seguir instruções, bem como no convívio com a comunidade.
De facto, a prática desta arte marcial poderá ajudar nas seguintes faculdades:
·         Concentração;
·         Equilíbrio nervoso;
·         Flexibilidade e a coordenação motora
·         Postura corporal adequada;
·         Autoconfiança e o sentimento de segurança
·         Aspectos motores, cognitivos e afectivos (disciplina, amizade, companheirismo e respeito/compreensão pelo próximo;
·         Condicionamento físico fazendo com que a criança seja mais saudável;
·         Crescimento.

Karaté na Fundação Aurélio Amaro Diniz (F.A.A.D)

Na Fundação Aurélio Amaro Diniz (F.A.A.D) foi implementado em abril de 2012 como actividade extracurricular, no infantário, o Karaté Shotokan.
Inicialmente, foi aberta apenas para os utentes da instituição, porém, após a vasta procura, a modalidade encontra-se aberta para toda a comunidade.
A F.A.A.D encontra-se filiada com o Instituto Shotokan Portugal (ISP), que por sua vez se encontra ligada à Federação Nacional de Karaté (FNK). Tornando-se imprescindível esta união, caso os praticantes reúnam condições favoráveis à inscrição nos estágios de Karaté organizados pelo ISP, de modo a que no final do exame consigam obter uma cor distinta no cinto do Karaté ao que já detém, para assinalar o seu progresso. Estes têm lugar nos meses de Novembro, Fevereiro e Julho.
Grupos
O Karaté Shotokan na F.A.A.D encontra-se distribuído por dois grupos diferenciados de acordo com a categoria que tenham, sendo estes:
·         Iniciados
·         Intermédios/pré-avançados.
 
Horários
As aulas procedem-se em dois dias distintos, na qual um dos dias (terça) é opcional só para o grupo dos praticantes intermédios/pré-avançados.
Para o grupo dos intermédios/pré-avançados, tem uma carga horária de duas horas semanas, repartidas por dois treinos semanais, caso pretendam.
Para o grupo dos iniciados, tem uma carga de apenas uma hora.
 
 
Desta forma, as aulas procedem-se nos seguintes horários:
Terça-feira (opcional)
19h30 às 20h30
Intermédios/Pré-avançados
Sábado
9h30 às 10h30
Iniciados
10h30 às 11h30
Intermédios/Pré-avançados
 
 O custo das aulas depende do número de aulas semanais que o praticante frequente:
Uma aula (18€)
Duas aulas (25€)
 
Número de praticantes de Karaté na F.A.A.D
 Houve uma acentuada adesão à modalidade a partir do ano letivo 2014/2015, tanto à nível interno como externo.
Por conseguinte, podemos afirmar que mais recentemente, no início deste ano letivo, em Setembro de 2017, inscreveram-se para a modalidade cerca de 28 praticantes, sendo 21 alunos externos e 7 alunos pertencentes à FAAD.
 
Formador
O instrutor de karaté na FAAD é António Alberto Direita Quinteiro, com 40 anos e conta já com dezoito anos de prática da modalidade.
Contêm o 1ºDan obtido em fevereiro de 2013, sendo federado pela federação nacional de Karaté de Portugal. Encontra-se na Associação ISP-ANK Instituto Shotokan Portugal – Associação Nacional de Karate e é membro da IKTA “Internacional Karate Teachers Academy” de Itália.
Pertence ao clube AEKSS- Associação Escola Karate Shotokan Souselas, e já conta com a participação em vários estágios com mestres de renome mundial como Sensei Kase, Sensei Hiroshi Shirai 9ºDan, Sensei Keigo Abe 9ºDan, Sensei Dino Conarelli 7º Dan, entre outros.
Além disso, já conquistou vários prémios como:
·         3ºClassificado Kumite Individual Cadetes- Torneio IKC 1900
·         3ºClassificado Kumite Individual Cadetes- Torneio IKC 1991
·         1ºClassificado Kumite Individual Cadetes- UPKS (União Portuguesa de Karate Shotokan)- Zona Centro 1992
·         1ºClassificado Kumite Equipas Cadetes- UPKS (União Portuguesa de Karate Shotokan)- Nacional 1992
·         3ºClassificado Kumite Individual Juvenis- Torneio IKC 1993
·         2ºClassificado Kata Individual Juvenis- Torneio IKC 1993
 
Eventos
[IX EI Internacional ISP Oliveira Hospital (1)] A 8,9,10 de Julho de 2016, ocorreu em Oliveira do Hospital o IX Estágio internacional de praticantes de Karaté Shotokan, com a colaboração da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.
Organizado pelo ISP-ANK(Instituto Shotokan Portugal- Associação Nacional de Karaté) ao qual a Fundação Aurélio Amaro Diniz possui uma parceria, com orientação do Sensei Dino Contarelli (Itália), este evento contou com cerca de 250 praticantes desta arte marcial.
O evento revelou-se um êxito, visto que dos 115 atletas que foram submetidos à exame de graduação, 14 pertenciam à FAAD e superaram com distinção, assinalando assim o seu progresso.
Para saber mais, acerca desta notícia consulte o boletim informativo da Fundação Aurélio Amaro Diniz “Pulsar” número 32, de Agosto de 2016.

Curiosidades
Branco- O princípio de tudo, representa a pureza e a inocência da mente e espírito que o praticante deve ter quando inicia a prática da modalidade. Deve buscar a purificação e a transformação.
Amarela- Indica o início do conhecimento e fortalecimento do próprio aluno, mantendo a pureza característica da faixa branca.
Laranja- O praticante é influenciado pelo optimismo e pela generosidade, remete que o aluno deve fortalecer as suas energias e a vontade de vencer
Verde- Representa a sensação de harmonia e sentimento de calma após os estágios anteriores. Todavia, não se conclui que o trabalho tenha acabado antes pelo contrário. Significa a procura interior e externa dos elementos como ar, água e fogo.
Azul- Representa a mente e o seu potencial, bem como a maturidade de um indivíduo. É a forma como mantemos a determinação necessária para ultrapassar tarefas difíceis 
Castanho- O praticante deve ser autocrítico e ter consciência de que está ligado aos seus mestres. Representa amadurecimento, segurança e isolamento.
Preta- Representa humildade, autocontrole, disciplina, e maturidade. É a cor que transmite a sensação de tradição e responsabilidade. Favorece a introspecção e aprofundamento do indivíduo no seu processo existencial.
Para mais informações, visite os seguintes sites: http://manelasblog.blogs.sapo.pt/o-que-significam-as-cores-dos-cintos-no-379
http://www.ajkp.pt/graduacoes.php
 
Links úteis
·         Federação Nacional de Karate- FNK: http://www.fnkp.pt/
                   DOJO KUN
 

“ Se o adversário é inferior a ti, então por que brigar? 
 Se o adversário é superior a ti, então por que brigar? 
 Se o adversário é igual a ti, compreenderá o que tu compreendes…então, não haverá luta.
 Honra não é orgulho, é consciência real do que se possui. ”
 (mestre Gichin Funakoshi – criador do estilo Shotokan)